PERPETUAL PARANOIA – BETWEEN THE ALTAR AND THE CROSS

O brasileiro Tiago James do Thrash Metal Hand of Fire uniu forças a Dale Thompson do Bride e registraram este segundo petardo do seu projeto Perpetual Paranoia. Com guitarras imediatamente reconhecíveis, Tiago se revelou um músico de jazz com uma técnica inovadora. Após introduções suaves ocasionais, aparecem riffs pesados ​​e intensos, juntamente com progressões de acordes estranhos e mudanças de tom que mantêm o ouvinte extasiado com o que está por vir. Existem vários solos completamente memoráveis ​​neste álbum que levam músicas excelentes a níveis ainda mais altos. O trabalho de guitarra de Tiago é incomparável. Como se o álbum não pudesse ficar melhor, Between the Altar and the Cross também traz convidados Juninho Afram (Oficina G3), Paul Jackson (Bloodgood), Oz Fox (Stryper) e Troy Thompson (Bride). Você também vai ouvir o talento dos vocalistas convidados, JT (Metal Nobre), Les Carlsen (Bloodgood) e Chaz Bond (BioGenesis). A banda não poupou nada neste álbum. Os vocais de Dale estão agressivos como sempre – ousados, hipnotizantes. Entre o altar e a cruz, este petardo o levará a lugares que você nem sabia que existiam. 12 faixas embaladas em um booklet de oito páginas.

Track-list:

1. TRAMPLED UNDER FEET (Chaz Bond. Biogenesis. Vocal ) ( Hirion Jr. Metal Nobre Keyboard)
2. BETWEEN THE ALTAR AND THE CROSS ( Hirion Jr. Metal Nobre. Keyboard )
3. SIN MACHINE (Paul Jackson. BloodGood. Gtr Solo ) ( Hirion Jr. Metal Nobre. Keyboard)
4. LEAVING WITH THE GODS ( JT Metal Nobre. Vocal ) ( Hirion Jr. Metal Nobre. Keyboard)
5. PERPETUAL PARANOIA ( Les Carlsen. Bloodgood. Vocal )
6. THOUGH HE SLAY ME ( Hirion Jr. Metal Nobre. Keyboard )
7. THERE WILL BE BLOOD ( Juninho Afram. Oficina G3 ) ( Hirion Jr. Metal Nobre )
8. IN VAIN (Troy Thompson. Bride. Gtr Solo) (Hirion Jr. Metal Nobre Keyboard)
9. MY GOD MY GOD (Marcio Okayama. Gtr Solo intro)
10. CHURCH OF MAKE BELIEVE
11. THE RHEMA
12. ACAPELLA


IMG_20200919_230418_142

Retratos… Na parede…

Um dos efeitos psicológicos da pandemia e do distanciamento social, foi o de tornar nossa relação com o tempo algo onirico… delirante não linear…talvez uma oportunidade de rever nossa caminhada… Para mim representada nestes quadros… O primeiro ,nem lembrava de existir…feito pela minha avó Tsukika Okayama, uma lendária artista nipo brasileira , do coletiva Guanabara […]


A música é a arte que mais nos aproxima do Criador

A música é a arte que mais nos aproxima do Criador…” Falava sempre meu amado e saudoso Wander Taffo… Tivemos hoje uma lembrança linda …um momento ímpar, em que a Arte se mostra mais eterna que a própria vida… Uma afirmação de nosso sacerdócio … A foto é de uma das poucas vezes que subi […]

IMG_20200911_001110_804

FB_IMG_1599273970494

Palcos…

O início.do confinamento pandemico, não se mostrou tão contundente , para nossas vidas como se desdobrou… Trocando em miúdos: a ficha do tamanho da zebra se deu com o desenrolar da crise, onde se vinha o questionamento acerca de :” _ até quando vamos ficar sem nosso café na padoca????” A indústria do entretenimento foi […]


Guitarras mutantes ..

Guitarras Mutantes…. Há alguns anos me deparei com uma entrevista numa Guitar Player Americana com um dono de loja Americano chamado Fatdog, cuja clientela incluía nomes com Joe Satriani e Mark Knopler. O Fatdog falava abertamente( há cerca de 20 anos atrás) sobre a exploração que acontecia em relação ao mercado de instrumentos vintages e […]

DSC05836

Minha carreira de Transcripter…

Ah…. falam que uma praga para uma inimigo é desejar que o mesmo nasça em tempos de mudança.. disruptura, mares bravos. Não sei se esta frase veio dos gregos antigos, ou do Oriente… O fato é que vale o velho clichê….crise significa oportunidade(este sim do I Ching, um de seus ideogramas). Nunca me esqueço de […]

oka pb

Surfando no caos da peste… 2

Dizem que a sobrevivência esta diretamente atrelada a capacidade de adaptação, um pensamento Darwinista que explica o pescoço da girafa, tanto quanto o padrão de camuflam de borboletas e diversos bichos…. Mais do que o mero acaso e ventos cármicos que cerceiam o imprevisível de nossa efêmera existência… Ficou se provado por tudo que estamos […]

okatokyo

72245307_2458059727771855_1578113594644496384_n

Arte… momentum….

Arte, reflexo do Momentum… O denominador comum entre profissionais da área (uma cadeia extensa que vai muito além de quem está em performance no palco), fãs e plateia, em geral, é o que a indústria do entreteni- mento vai ter de reinventar; mesmo quando estiver degraduando para um prumo da crise, o dito novo “normal”, […]