Category Archives : Uncategorized


Zen Garden 2!!!!!!!!

A música New Age sempre exerceu um fascínio grande, tanto na minha alma como na minha psique… Lembro até hoje da minha saudosa tia Hiro Lia Okayama, que era assessora de imprensa do consulado japonês, trazendo o VHS sobre o Kitaro para casa, onde eu pudesse curtir… Chapante!!!!! Baita documentário feito para o consulado Japonês […]


2dc35cb6f19b049436b7cb1de237ad98-2

Força James….

Amo o Metallica desde a primeira fita pirata deles , talvez uma cópia da coletânea Metal Massacre , no início dos anos oitenta.. Não foi surpresa, foi muito orgânico na realidade, ver estes “primos distantes , chegarem a status de semi deuses e maior banda de metal de todos os tempos, status que gerou bônus […]


Auto tune na alma….

UM texto que escrevi saudando o milenio…. Auto Tune na Alma( Será que isso funciona?) Um dos pontos comuns, em conversas com músicos e fãs da boa música em geral , reside em questionar os rumos que a cultura de massa vem tomando, desde a constatação de que temos voltado os olhos para o passado, […]

20525907_1604021932976487_7303109210934707221_n

No início era o kaos….

Reflexo dos olhos Da busca por deuses Que data do primeiro _porquê? Que o primeiro Homem Pensou No reflexo das estrelas Seremos deuses Ou mero pó De estrelas Eternos Efêmeros …. Tudo que queremos Desejamos Almejamos E sermos eternos Como o deus infinito Que nos faz finitos A sua imagem E Alternância Tudo que queremos […]


Kaosfera…

Ah o infinito. .. Dos perpétuos O mais antigo Primórdio Entre o nada E o tudo Entre às Extremas Polaridades Infinita miríade De direções Possibilidades Que como um Infinito e Exponencial fractal Se fragmentam no infinito Kaos Kaos Kaos Desde o olhar do primeiro Ser senciente Oka 13/02/20

IMG_20200213_001324_694

Aben+ºoado seja o caos-1

No início… era o Kaos….

Abençoado seja o caos…. Fruto da incógnita que governa e move a razão do ser de tudo… e todos… Da mais simples forma de vida… a luz das estrelas…. Nada somos, além de atores de um manifesto cósmico…. A quem atribuímos a razão desta efêmera existência…. Nada controlamos Tudo passa…. No incio No fim, Tudo […]