Disciplina! Dica de estudo


Clichê conhecido nos círculos artísticos e filosóficos, uma frase atribuída a Pablo Picasso “A Arte é resultado de 90% de transpiração e apenas 10 % de inspiração”.

Nos nossos preguiçosos e tecnocratas tempos, esforço e disciplina viraram sinônimo de atributos arcaicos; levando em conta que um mero clicar de um mouse nos leva a resultados que em eras passadas custavam muito sangue, suor e lágrimas.

A disciplina musical sofre preconceitos na medida que é transformada em virtuosismo estéril e técnica excessiva.

Um professor de contraponto costumava dizer que para se realizar um perfeito encadeamento de vozes se faz necessário uma técnica precisa para ouvir as melodias na cabeça; Chico Buarque e Paul Mcartney com certeza lapidaram ao máximo, por horas a fio, suas composições e positivamente Les Paul perdeu horas e horas de sono para desenvolver a guitarra sólida e a gravação multi-pista (ferramentas vitais para a cultura contemporânea).

Lembre-se que muitas vezes o grande lampejo de criação, aquele momento mágico que imortalizado em música vem de uma somatória de vários fatores, entre eles abrangendo desde a intimidade com o instrumento até mesmo as horas infinitas de audição e devoção ao seu estilo favorito.

Mais que qualquer coisa, a música toma a dimensão de sagrado, independente da opção religiosa e espiritual; é, de todas, a mais universal linguagem; é nela que se manifesta a intenção do esperanto, a dita língua universal falada por todos os povos.

Para alcançar tal aspecto de universalidade é necessário o referido sangue, suor e lágrimas que se fizeram esquecidos no clicar de um mouse, acima citado (apesar de que os computadores e qualquer tecnologia são sempre bem-vindas no intuito de fazer um melhor link entre espírito, mente e mãos).
O segredo é ensair muito, estudar muito, pesquisar muito, tocar muito e gravar MUITO!!! Pois é assim que se consegue chegar, com mais verdade, a seu próprio e sincero som…

Márcio Okayama

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>